Receita Federal cobra Imposto Cobrado de Empresas

O Imposto de Renda Pessoa Jurídica é um imposto cobrado anualmente ou trimestralmente e para saber o seu valor é necessário que se consulte a declaração do Imposto de Renda 2020. Se você é um empresário com sociedade mista ou individual, tem algum negócio rural ou um estabelecimento que abriu falência, também deverá consultar a Tabela IRPJ 2020 para saber o valor do imposto cobrado. É preciso saber que a Tabela IRPJ sempre sofrerá algum reajuste anual. O reajuste do ano de 2019 ainda não foi divulgado. Atualmente, temos dados apenas da Tabela de 2016. Acompanhe os valores a seguir e entendam ainda sobre o IRPF 2020.

O Imposto de Renda Pessoa Jurídica é um imposto cobrado anualmente ou trimestralmente e para saber o seu valor é necessário que se consulte a Tabela IRPJ 2020. Se você é um empresário com sociedade mista ou individual, tem algum negócio rural ou um estabelecimento que abriu falência, também deverá consultar a Tabela IRPJ 2020 para saber o valor do imposto cobrado.

É preciso saber que a Tabela IRPJ sempre sofrerá algum reajuste anual. O reajuste do ano de 2020 ainda não foi divulgado. Atualmente, temos dados apenas da Tabela de 2016. Acompanhe os valores a seguir.

Cidadãos que ganham salário de até R$ 1903,98 não são obrigados a fazer a restituição do Imposto de Renda. Os aumentos nesse ano variaram de 7% a 27,5%.

Dependendo das condições financeiras da empresa, esse Imposto de Renda Pessoa Jurídica pode ser pago anualmente ou trimestralmente.

Geralmente, essas contribuições são pagas ao governo no primeiro e segundo semestre do ano. Os dias são 31/03 e 30/06 ou 30/09 e 31/12.

Essas datas podem sofrer alterações devido a alguma fusão empresarial ou até mesmo ao cancelamento da empresa.

O Que é Esse Cálculo?

O cálculo de contribuição é feito da seguinte forma:

  • A empresa vai se basear na Tabela IRPJ 2020.
  • Então, multiplica-se o número de meses com os valores das parcelas contidas na tabela.
  • Se esse valor encontrado for menor que o lucro obtido pela empresa, então ela deverá ser cobrada pagando uma multa de até 10% em cima dos 15% que já são obrigatórios.
  • As empresas que passam por mudanças com a fusão de sócios ou até o próprio encerramento acabam sendo cobradas dessa maneira.

Entenda as Opções Tributárias

Atualmente existem algumas opções tributárias, mas que não podem ser escolhidas, sendo obrigatório que as empresas aceitem alguma delas de acordo com o seu perfil.

Essas formas de tributação que são calculadas na Tabela IRPJ 2020 são divididas entre Lucro Real, Lucro Presumido, Lucro Arbitrado e Simples Nacional.

Para você entender melhor, vamos te dar todas as explicações sobre as opções tributárias. Veja a seguir:

  • Lucro Simples: Este tipo de lucro é destinado as empresas que possuem uma receita de até R$ 2,4 milhões.
  • Lucro Real: Este lucro está presente em grandes instituições que possuem um faturamento maior do que R$ 48 milhões como cooperativas, bancos, empresas de seguro, entidades de previdência privada, sociedades de crédito, empresas situadas no exterior, imobiliárias e pessoas jurídicas com isenção ou redução de impostos.
  • Lucro Presumido: O lucro presumido é bem parecido com o lucro real, porém, é destinado as empresas que possuam lucro de até R$ 48 milhões. É preciso destacar que entra nessa contabilidade toda renda que não foi obtida com os lucros da empresa, por exemplo, o lucro obtido pela pessoa jurídica a parte.
  • Lucro Arbitrário: Lucro bem parecido com o presumido, com acréscimo de 20%.

Se você quer se manter informado, fique sempre atento ao nosso blog. Assim que a Tabela IRPJ 2020 for divulgada, nós a publicaremos aqui.